Notícias

Saúde e segurança no trabalho

Oferecer aos trabalhadores saúde e segurança no trabalho é uma das principais obrigações do empregador. Além de se preocupar com equipamentos e instalações, também é necessário que a empresa promova o bem-estar entre os funcionários. É necessário um ambiente seguro e saudável, com políticas que cooperem para o bom convívio e acolhimento de todos. 

Para assegurar que tudo isso seja cumprido, a saúde e segurança no trabalho se tornaram parte da legislação brasileira. A lei que contempla essa determinação foi publicada em 1977, sendo que em 1978 foram adicionadas as primeiras Normas Regulamentadoras (NR). Quer entender um pouco mais sobre como a saúde e segurança no trabalho são importantes como parte dos direitos trabalhistas no Brasil? Continue lendo o nosso artigo. 

Segurança e Normas Regulamentadoras

Para prevenir acidentes e manter os processos da empresa dentro da conformidade, especialmente em grandes indústrias e fábricas, é essencial o investimento em Equipamento de Proteção Individual (EPI). Os EPI ‘s são mecanismos que garantem a integridade física do trabalhador em suas atividades. Como existem vários tipos de EPI ‘s, eles são classificados de acordo com a forma de uso e parte do corpo a ser protegida, sendo assim, foram divididos em nove grupos, que incluem diversos equipamentos.

1- Cabeça: capacete, capuz ou balaclava;

2- Olhos e face: óculos, protetor facial, máscara de solda;

3- Audição: protetor auditivo circum-auricular, de inserção, ou semi-auricular;

4- Respiração: respirador purificador de ar não motorizado ou motorizado, de adução de ar, ou de fuga;

5- Tronco: vestimentas para proteção, colete à prova de balas;

6- Membros superiores: luvas, creme protetor, manga, braçadeira, dedeira; 

7- Membros inferiores: calçados para proteção, meia, perneira, calça; 

8- Corpo inteiro: macacão; vestimentas de corpo inteiro;

9- Contra quedas com diferença de nível: trava-queda, cinturão de segurança com talabarte.

Atualmente, a lei que institui a saúde e segurança no trabalho conta também com Normas Regulamentadoras (NRs), determinações que visam a diminuição de riscos e a garantia de um ambiente seguro. É preciso entender o conceito das normas regulamentadoras e saber que elas são obrigatórias independente do porte e segmento da empresa. 

Algumas NRs são de caráter mais geral, se aplicando a todas as atividades, enquanto as demais estão relacionadas a ocupações específicas. A indústria por sua vez, abrange inúmeras normas, sendo as principais:

NR 4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho

NR 5 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA

NR 6 – Equipamentos de Proteção Individual

NR 7 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

NR 9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

NR 10 – Instalações e Serviços de Eletricidade

NR 12 – Máquinas e Equipamentos

NR 17 – Ergonomia

NR 24 – Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais do Trabalho

NR 35 – Trabalho em Altura

Saúde mental e seu impacto no trabalho

É de extrema importância cuidar da integridade física dos funcionários, mas esse não é o único fator. Algumas das causas de queda de desempenho e conflitos internos são ambientes de trabalho pouco receptivos, que não se interessam em cuidar também da saúde mental dos colaboradores. 

A discussão sobre a saúde mental considera os efeitos no estado psicológico de cada pessoa, por isso, um espaço saudável pode ser a resposta para evitar consequências negativas. Veja algumas dicas para melhorar o clima organizacional:

  • boa comunicação com a equipe;
  • confraternizações;
  • feedbacks positivos;
  • flexibilidade da jornada de trabalho;
  • pesquisas de clima organizacional.

Se interessou pelo conteúdo? Em nosso site tem sempre mais! Conheça a São João Alimentos e siga as nossas redes sociais: 

São João Alimentos

Patéko

Empório São João